Moto Nova Yamaha Fazer 2018: Um novo modelo de moto!

Segundo a Yamaha, o centro vital da Fazer 150 UBS é um motor monocilíndrico de 149,3 CM3 e conta com  a tecnologia Yamaha Blueflex, que funciona muito bem tanto com Etanol, quanto com Gasolina e, ainda pode rodar tranquilamente com ambos misturados no tanque em qualquer proporção.

O motor apresenta um rendimento ligeiramente diferente no etanol, sendo capaz de gerar até 12,4 cv, contra 12,2 cv na gasolina. Independente do combustível, o desempenho foi medido a 7.500 RPM. Já o torque máximo, observado a 5.500 giros, chega a 1,285 KGF.M na Gasolina e 1,295 KGF.M no Etanol.

O Sistema de Freios – bem avaliado pela revista Duas Rodas quando comparado à concorrente direta.

O sistema de Freios usado pela Yamaha para este modelo é o UBS – Unified Brake System, que torna a frenagem mais segura, unificando em apenas um movimento, a frenagem em ambas as rodas, dianteira e traseira. Só é preciso o acionamento do pedal.

Neste sistema de freio unificado, há um dispositivo mecânico que age como um cabo de aço, e que está ligado ao pedal de freio traseiro numa ponta, e ao acionador do freio dianteiro na outra. Assim que o pedal é ativado, o cabo faz o trabalho e aciona os dois freios.

Este sistema não demanda custos extras de manutenção com um segundo circuito hidráulico como acontece com as concorrentes do modelo Yamaha Fazer 150, precisando apenas de ajustes e inspeções regulares no cabo de aço a fim de manter a capacidade de atuação sempre em ordem.

Feito isto, há uma distribuição da força entre o freio dianteiro e o traseiro, o que torna a ‘parada’ muito mais eficiente.

A revista Duas Rodas, que avaliou o novo sistema de freios da Yamaha 150 UBS contra a principal concorrente, a Titan CBS, mencionou o seguinte:

“Iniciando a frenagem a 80 km/h somente com o pedal do freio traseiro a Titan (com CBS) reduziu o espaço percorrido pela Fan em 8 metros e a Fazer UBS diminuiu a distância da versão anterior sem o sistema em quase 15 metros. Isso significa de dois a quatro carros de distância a menos, um enorme ganho de eficiência e segurança que evitará muitos acidentes com quem freia apenas usando o pedal”

Segundo a revista, há um ganho mecânico maior no modelo da Yamaha sobre a concorrente, ou seja, mais segurança e precisão nas frenagens, e um risco menor de acidentes.

Comparação básica de preço e consumo.

A Yamaha Fazer 150 2018 é concorrente direta da Titan Honda CG 150, segundo comparações, ela tem um sistema de freios mais econômico e mais seguro. O preço, das duas difere um pouco, a Yamaha linha 2018 sai da fábrica por R$9.990,00 + frete, e a Titan do mesmo ano pode sair por menos de R$8.000,00 + frete.

As diferenças entre as duas estão também na forma de pilotar, enquanto a Honda segue com um padrão similar nos últimos anos, a Yamaha fez a Fazer 150 2018 ter uma pegada mais esportiva, tornando a pilotagem mais interessante para quem gosta de andar com mais tranquilidade.

Por último, ainda há a economia de combustível, embora as duas sejam bem econômicas, a Honda CG Titan 150 Flex faz 41,2 Km/Litro na Gasolina, e 29,6 Km/Litro no Etanol. E conta com um tanque de combustível de 16,1 litros.

O consumo médio da Yamaha Fazer é 150 44,3 Km/Litro Gasolina e 32,1 Km/Litro no Etanol. E conta com um tanque de 15,2 litros.

Vale saber quais as suas necessidades antes de adquirir uma ou outra.

Faixa de preço e modelos

A Fazer 150 UBS 2018 tem um preço inicial de 9.990 à vista, mais taxa de frete de 443,00.

O Painel é bem completo, contanto também com indicador de marcha e função ECO. Encanta com a riqueza dos detalhes, o acabamento todo em preto e os componentes em alumínio dão mais harmonia ao visual, quem compra a Fazer 150 ainda conta com o programa de Revisão a Preço Fixo da Yamaha, que garante ao comprador, saber de antemão quanto vai custar as revisões periódicas e evita assim, sustos ao orçamento. Além dos tradicionais 3 anos de garantia que a marca oferece.

Ficha técnica completa:

  • Motor = Tipo 4 Tempos, Sohc, Refrigerado A Ar, 2 Válvulas, 1 Cilindro, Cilindrada Real 149,3 Cc com Diâmetro X Curso 57,3 X 57,9 Mm. A taxa De Compressão 9,56:1
  • Potência Máxima = 12,2 cv (7.500rpm) (Gasolina) e 12,4 cv (7.500rpm) (Etanol)
  • Torque Máximo = 1,285 kgf.m/ 5.500rpm (Gasolina) e 1,295 kgf.m/ 5.500 rpm (Etanol)
  • Sistema De Lubrificação = Cárter Úmido
  • Embreagem = Multi-disco, Úmida
  • Alimentação = Injeção Eletrônica
  • Câmbio = 5 velocidades
  • Transmissão = Primária/secundária – Engrenagens / Corrente
  • Combustível Gasolina/Etanol
  • Bateria = 12V 5 Ah, Sistema de ignição TCI e Sistema de partida = Elétrica
  • Tipo do Chassi = Diamante
  • Suspensão dianteira /Curso – Garfo telescópico / 120mm
  • Suspensão Traseira / Curso – Balança traseira / 92mm – Trail 86 mm
  • Freio Dianteiro = Disco hidráulico de 245mm de diâmetro – Sistema UBS
  • Freio Traseiro = Tambor mecânico de 130mm de diâmetro – Sistema UBS
  • Pneu Dianteiro = Metzeler/Me Street 2,75-18 M/C 42P
  • Pneu Traseiro = Metzeler/Me Street 100/80-18 M/C 59P
  • Altura= 2.015mm x 735mm x 1.055mm
  • Distância entre eixos = 330mm
  • Altura do assento = 785mm
  • Altura mínima do solo = 160mm
  • Peso líquido (ordem de marcha) = 130kg
  • Capacidade do óleo do motor =1,25 litros
  • Capacidade do tanque de combustível = 15,2 litros (3 litros reserva)
  • Painel de instrumentos = Painel digital: Iluminação em LED branco, função ECO que indica umapilotagem mais econômica, velocímetro, hodômetro e parcial, indicadorde marcha, marcador do nível de combustível, relógio, conta-girosanalógico
  • Este modelo suporta bem até 7 quilos de carga quando usado para transportes de carga.
  • Disponível nas CORES = Racing Blue – Azul Metálico, Dark Magenta – Magenta Metálico, BrancoCristal – Branco Metálico e Preto Eclipse – Preto Sólido.