Novo Chevrolet Prisma 2018: o que mudou?

O lançamento do novo sedã, tem previsão para ocorrer ainda no primeiro semestre de 2018. O foco neste momento é o conforto e eficiência através de melhorias tecnológicas de mecânica e elétrica. O Prisma 2018 continua no topo do sedã mais vendido no Brasil,  em disputa contínua com o Corolla.

O diferencial ficou por conta dos itens. A questão é que não se deve esperar por preços mais em conta; houve acréscimo considerável.

Ficha Técnica

Não houveram grandes alterações em relação ao modelo anterior, 2017.

Vale salientar que o foco da Chevrolet é o uso econômico para regiões urbanas.

Veja abaixo uma breve relação da ficha técnica dos modelos LT 1.4 e LTZ 1.4.

 LTLTZ
Direção
TipoElétrica progressivaElétrica progressiva
Performance10,5 segundos; máxima de 180 km/h10,5 segundos; máxima de 180 km/h
Suspensão
RodasAço estampado 5,5J x 15, 4 furos, com calota integral presa por parafusos (Roda sobressalente de aço estampado 4B x 16)Alumínio 5,5J x 15, 4 furos (Roda sobressalente de aço estampado 4B x 16)
Pneus185/65 R15185/65 R15
Capacidades
Porta-malas (litros)500500
Freios
SistemaHidráulico com duplo circuito distribuído em diagonalHidráulico com duplo circuito distribuído em diagonal
Dimensões
Distância entre eixos (mm)2,5282,528
Consumo
Com gasolina12,9
12,9
Consumo cidade (Km/L)15,3
15,3
Consumo estrada (Km/L)

Com etanol


Consumo cidade (Km/L)9,1 9,1
Consumo estrada (Km/L)10,810,8

Itens de série

As linhas LT e LTZ, intermediária e topo de linha, respectivamente, ganharam somente luz traseira de neblina e uma nova opção de cor para carroceria, a Imperial Blue. As duas continuaram com o mesmo motor 1.4 de 106 cv de potência máximos e com alcance limite de 13,9 kgfm de torque.

Não ganharam nenhum item, a não ser o farol traseiro de neblina.

Preço

A versão LT 1.4 conta com preços a partir de R$ 55.190,00. O modelo LTZ 1.4, a partir de R$ 60.900,00. O mais em conta fica por conta do modelo mais simples, o Joy 1.0, a partir de R$ 45.790,00.

Visual externo

A mudança ocorreu no modelo do ano passado. Para este modelo em questão, não houve alteração no visual externo.

Seu perfil esportivo permanece, assim como seu interior com revestimento premium.

Visual Interno

Ganhou novo painel, novo volante, novos acabamentos de excelente qualidade além de kit multimídia com ótimas saídas de ar.

Compensa a aquisição? Pontos negativos e positivos

Pontos Positivos

Ganhou um novo design que o deixou mais bonito com boas retas e curvas e ótimos faróis. Também tem como ponto forte as grades com encaixes perfeitos, um bom espaço interno, belos painel e acabamento. O porta malas também é bem espaçoso, excelente opção para quem gosta de viajar.

Pontos negativos

Talvez não seja tão confortável do ponto de vista de espaço interno, que, devido ao novo painel com novo volante que ocuparam maior espaço, faz com que para algumas estaturas, a perna esbarre no volante.

Para um perfil de consumo urbano, que necessite de bom espaço interno e preze a excelência na categoria econômica (em termos de consumo, não do seu preço de aquisição), é uma boa alternativa. Porém, vale atentar-se à questão da sua estatura, de maneira que não passe por desconfortos em longos percursos, em relação ao volante ficar pegando na perna.